30 de mar de 2009

SOBRE ALGUMAS COISAS DE MIM




Porque ainda sinto e respiro

Por todos os apesares

Por toda lágrima

Por todos os que amo e amam

Por todo encanto

Porque ainda canto

Por tudo que é mais sagrado

e o que não é mais...

Apesar do eterno e do efêmero

Do enterro e do medo,


VIVO!

3 comentários:

Moacy Cirne disse...

Que bom! Que bom!
Você VIVE...
Inclusive na poesia.

Um beijo.

Cosmunicando disse...

lindo! porque ainda canta e encanta =)
bjos

Adriana Monteiro de Barros disse...

Meus anjos são doces como vocês!

bejos eternos!