25 de fev de 2009

EU MEDITEI NO CARNAVAL DO RIO



Nunca fui muito "dada" à Carnaval. A folia de Momo nunca me pegou pelos peitos ou pelos pés. Mas não sou nenhuma chata que prefere se trancar em casa, ao invés de encontrar os amigos rua à fora. Gosto sim, de um papo no bar, participar de alguns blocos ou mesmo sambar quando os pés começarem a coçar. Mas passei os quatro dias de carnaval assistindo à programação via satélite.

No início por uma opção mais que legítima, uma vez que meus filhos viajaram, e eu simplesmente me dei ao luxo de ficar no Rio. Pensei em descansar do trabalho que a rotina nos impõe e relaxar, porquê ninguém é de ferro. Não deu.

Toda vez que pensava em botar o bloco na rua , era aquela loucura, " um corre-corre", "um puxa e vai", "um tira essa mão bôba daí, meu velho" ...Não, assim, não há animação que resista. A minha então que já não é grande, ficou menor ainda...

O Leblon, bairro onde moro há anos e que por tradição ou estratégia, sempre ficou mais à margem da folia, a não ser em dois ou três pontos mais conhecidos, este ano enlouqueceu. Havia banda em cada metro quadrado. Carro nem pensar, vaga mesmo só no depósito do Detran. Desistí.

Peguei então vários livros que olhavam pra mim há dias, posicionei o telefone, o controle remoto da tv, liguei o computador e assisti o carnaval passar pela janela. Não sei se isso é a tal crise da idade, mas em 2010 vou pra serra. Vou dois dias antes e volto um dia depois. Só espero que as estradas e o meu carro estejam em perfeitas condições. Senão, vai ser outra roubada!

Namastê!

3 comentários:

Elaine disse...

oi, querida!!!
que carná na paz, hein?
beijocas

jupyhollanda disse...

hahaha só conseguiu essa proeza pq não se juntou a Mme. Kaos...rsrsrsrsrsrs

Bjos

Adriana Monteiro de Barros disse...

JU lí um poema seu e não entendi patavinas...Beijo ou chorou muito minha filha? Bom, nem precisa ser carnaval pra isso. Essas meninas que eu adoro, são o Kaos.