12 de nov de 2008


foto/google

Ontem foi a comemoração do aniversário de três anos, do Corujão da Poesia, um movimento que costumo frequentar e gosto muito. É lá que encontro meus amigos de poesia e vida. E ontem foi uma dessas noites raras. Além de corações transbordando sentimentos, ainda tenho a felicidade de poder abraçar meu amigo e poeta, Marcelo Mourão, que esta semana me homenageia com alguns poemas no incrível mundo do Orkut. Quem puder dar uma passada de olhos pelo meu scrapbook ou no dele , encontrará alguns presentes não só meus mas, de vários outros queridos e competentes poetas. Quero aproveitar e dizer muito obrigada aqui. É um privilégio ser presenteada por uma pessoa tão especial como vc, Mourão.
Depois foi uma sucessão de encontros queridos...Juju Hollanda, Bettina kopp, Beatriz Provasi, Cairo e Denizis Trindade,Mano Melo, Glad Azevedo, Pedro Lago, Igor Cotrim, Bayard Toneli... não dá vou esquecer de todos os que amo! Me perdoem! No final da madrugada ainda tenho o prazer de ganhar um poema tão extraordinário que o Pedro Lago acabou dedicando a mim, que as estrelas caíam na calçada da Ataulfo de Paiva, junto com as minhas lágrimas. Então prometi a ele que iria postá-lo no blog, como faço com os presentes que a vida me concede. Um beijo no seu coração, Pedro e meu carinho sempre.

Intimidades

A que horas veio gritar o prazer,

nos cantos úmidos da cama?

A que horas?

Lençóis dispersos unindo corpos quentes,

excitações ofegantes em plalavras ditas,

à face da epiderme, inspirando por entre os dentes,

que balbuciam salivas escorrendo pelo sal do som animal,

das faces unidas e tudo que geme na escuridão complacente.

3 comentários:

Thiago Quintella disse...

Inspirando por entre os dentes... gostei dessa passagem!

pedrolago disse...

Está lá no meu blog, devidamente dedicado a ti.
Beijos
PL

Basilina disse...

Adicionei seu blog aos meus favoritos. Voltarei depois para ler mais. De vc puder< d~e uma olhadinha tb no meu blog: http://poesiasbasilina.blogspot.com.