10 de set de 2008

ANDAR

foto/olhares.com
Na incerteza da matéria
o fragmento do humano
a insensatez com a vida
na angústia do dia
na loucura da noite.
Vida que vai, que segue, que breve
transcende e transmuta.
Simples ato de respirar
e continuar...

2 comentários:

Elaine disse...

adorei seu espaço,
que é ao mesmo tempo beat e chique
como a dona.
beijos
elaine pauvolid

gduvivier disse...

obrigado! nos frequentaremos!
bjo